Apresentação


O GIRO – Grupo de Pesquisa em Mídia e Interações Sociais tem como eixo compreender a presença da mídia na sociedade contemporânea e seu entrelaçamento às interações sociais, configurando processos de produção e circulação de sentidos na sociedade. Tal foco encaminha um olhar sobre os sujeitos, cujas interações correspondem a práticas constituintes da vida social segundo contextos sócio-históricos marcados por negociações e conflitos. Essa concepção alia-se a um entendimento alargado da mídia, para além dos meios de comunicação tradicionais, em suas dimensões técnica e institucionais, observando as modulações culturais por ela engendradas em tensão com questões de ordem ética, estética e política. Privilegia-se a visada sobre processos cotidianos de mútua afetação acionados nas relações existentes entre os sujeitos e as diversas materialidades midiáticas. As pesquisas desenvolvidas orientam-se pela problematização e análise dos formatos que a mídia constrói e que acionam processos comunicativos singulares, tangenciados por distintos públicos.

São duas as Linhas de Pesquisa do Grupo: Comunicação e Culturas Midiáticas e Editoração e Sociabilidade . A primeira Linha busca compreender como a cultura contemporânea se vê afetada pela presença do midiático. O objetivo é olhar para o atravessamento do midiático nas práticas culturais, compreendendo a mídia como instituição forte que interfere na dinâmica social, agindo tanto nas dinâmicas microssociais quanto nas relações midiatizadas mais amplas. A segunda Linha procura refletir sobre as dinâmicas envolvidas na constituição de processos editoriais e jornalísticos e suas complexas inserções no âmbito social.

O GIRO iniciou suas atividades no segundo semestre de 2013 e realiza reuniões mensais entre os participantes, abertas à toda a comunidade acadêmica.

Fotos da capa: Rayana Almeida

Logomarca do Grupo: http://percepcoes.com.br/